Pag. 187

– Explico: a feiticeira pode conhecer a magia profunda, mas não sabe que existe outra magia ainda mais profunda. O que ela sabe não vai além da aurora do tempo. Mas, se tivesse sido capaz de ver um pouco mais longe, de penetrar na escuridão e no silêncio que reinam antes de aurora do tempo teria aprendido outro sortilégio.

Saberia que, se um vítima voluntária, inocente de traição, fosse executada no lugar do traidor, a mesa se quebraria ao meio e até a própria morte poderia ser revogada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.