Pag. 40

A partir de início da idade adulta, Marko já possuía as suas próprias ideias acerca do bem e do mal, ideias que não partilhava com o Estado e lhe permitiam avaliar as suas ações e as dos outros. Tinha o cuidado de as ocultar. Serviam-lhe de âncora para a alma e, como uma âncora, permaneciam escondidas muito abaixo da superfície visível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.